Leica M Monochrome – Uma decisão ousada.

Leica-M-Monochrom_3qtr.jpg

A Leica decidiu produzir uma máquina telemétrica digital puramente dedicada a fotografia a preto e branco. É uma pedrada no charco que não sendo revolucionária, é sinónimo de que a Leica continua a produzir equipamentos para nichos muito específicos proporcionando-lhes o máximo de qualidade que a engenharia permite.

Durante muito tempo desejei que uma máquina destas aparecesse no mercado. Principalmente porque a forma de pensar a preto e branco é diferente de fazer fotografia a cores e depois converter para preto e branco. Obriga a pensar em termos de luminosidades relativas e não de cores. É talvez mais exigente e obriga o fotografo a melhorar a sua fotografia.

Esta máquina é por isso uma benesse no panorama fotográfico. O seu grande problema, talvez até pelo facto de ser um equipamento que não é para todos, é o preço de quase $8000 que a torna inacessível a 99% dos fotógrafos. No entanto penso que poderá ser um princípio a adoptar por outras companhias. Imagine-se uma Fuji X100bw ou as linhas Micro43 da Olympus ou Panasonic a serem produzidas também na versão preto e branco. Penso que no futuro haverá algumas surpresas nesse aspecto, principalmente se nas comparações com os sensores a cores, a qualidade obtida por este sensor for realmente superior. Tecnicamente um sensor BW será melhor que um sensor a cores, veja-se que para aplicações científicas os sensores BW são preferidos sendo que o efeito “cor” é conseguido através de múltiplas exposições utilizando filtros de certos comprimentos de onda.

Ainda em termos de lançamentos, a Leica aproveitou para lançar a nova compacta X2 e também uma nova lente Summicron-M 50mm.

  2012/05/11 11:17 AM Leave a comment